E-learning como uma inovação disruptiva

Universidade U-EENI (projeto)

O e-learning como uma inovação disruptiva para melhorar o acesso ao ensino superior a nível mundial

Soluções da Universidade U-EENI - Reduzido acesso à educação terciária

O e-learning como potencial inovação disruptiva e o modelo de negócio da Universidade U-EENI

A inovação disruptiva, ou tecnologia disruptiva, é o processo pelo qual um setor que serviu previamente somente a uns poucos, já que os seus produtos ou os seus serviços eram complicados, custosos ou de difícil acesso, transforma-se num setor cujos produtos e serviços são simples e práticos, de menor custo e cada vez mais acessíveis para a população, importando cada vez menos o seu poder aquisitivo, perfil ou experiência prévia (Clayton M. Christensen).

E-learning como uma inovação disruptiva

Este processo de inovação disruptiva produziu-se em muitos setores (os ordenadores, os discos duros, a industria do aço, a música, a fotografia...), e ocorrerá em outros (impressoras 3D na produção).

E-learning tecnologia disruptiva ensino superior

O ponto de vista da Universidade U-EENI é que o e-learning, e o novo cenário mundial gerado pela globalização e pela digitalização caracterizado principalmente por:

  1. Um incremento global das taxas universitárias
  2. A crescente demanda global, sobretudo nos países emergentes e em desenvolvimento, cada vez mais difícil de satisfazer pelas universidades tradicionais.
  3. Um forte crescimento económico dos países emergentes e em desenvolvimento
  4. As novas classes emergentes nestes países. Estima-se que na África é de 350 milhões de africanos.
  5. Uns estudantes potenciais que são, e serão, cada vez mais ativos, mais informados, com uma visão global e ubiquamente conectados, tomando as melhores decisões e sabendo melhor o que necessitam, e portanto exigindo uma nova forma de relacionar-se com as universidades, baseada no “tu a tu” e a criação de valor conjunta estudante-universidade.

Todo isso sim que facilita que o e-learning modifique de forma disruptiva o ensino superior a nível mundial.

O potencial das forças disruptivas no ensino superior

Na seguinte figura mostra-se o potencial das forças disruptivas no ensino superior. Adaptado de “Disrupting College. How Disruptive Innovation Can Deliver Quality and Affordability to Postsecondary Education”, Clayton M. Christensen, Michael B. Horn, Louis Caldera, Louis Soares (fevereiro 2011).

Forças disruptivas no ensino superior

  1. As universidades privadas de elite (como Harvard nos Estados Unidos) estão localizadas no círculo mais interior, acessíveis principalmente para aqueles estudantes com os melhores expedientes académicos e com a capacidade de pagar matrículas muito elevadas.
  2. O seguinte círculo compõe-se das universidades estatais (públicas), cujas normas de admissão e preços costumam fazê-las mais acessíveis a uma população maior de estudantes.
  3. O terceiro círculo representa os Community Colleges, com custos mais baixos todavia, e que normalmente têm políticas de admissão mais abertas. Este círculo não existe na Espanha.
  4. As universidades privadas podem localizar-se em qualquer destes primeiros círculos, algumas aplicando um "modelo Harvard (elite)", e a maioria oferecendo unas condiciones de acesso menos restringidas e uns preços elevados, sobretudo comparadas com as universidades públicas.
  5. O seguinte círculo exterior representa a educação online (e-Universidades), acessível a uma população ainda maior de estudantes, tales como os das zonas rurais e os adultos que trabalham e que não podem assistir a classes em horários tradicionais.

O modelo da Universidade U-EENI - conceito de Global Network Ahimsa University- baseado na focalização nos negócios internacionais, a personalização e o acesso ao mercado global, está localizado num novo círculo mais exterior, tradicionalmente esquecido pelas universidades tradicionais.

A comparação do potencial disruptivo entre uma universidade tradicional e a Universidade U-EENI:

Potencial Disruptivo Universidade U-EENI

  1. Situação regional do ensino superior no mundo
  2. Oportunidades no ensino superior

Inglês Dirsuptive e-learning Espanhol e-learning disruptivo Francês e-learning disruptive



(c) 1995-2017 Universidade U-EENI